PUBLICIDADE
Cães da Defesa Civil de Osasco/SP, foram contribuir com buscas a uma Desaparecida supostamente Assassinada
19/10/2018 22:04 em Policia

Uma mulher que está desaparecida a mais de quinze dias em Rio Grande da Serra, vem causando uma apreensão E repercussão com o seu sumiço. Câmeras de monitoramento da cidade, flagraram momentos em que a desaparecida Regina estava em companhia de Jadson , vulgo “ chu” que, segundo a policia, tem uma vasta ficha criminal, por estupro e violência doméstica.

As instituições policiais da cidade e a guarda municipal estão empenhadas em dar um resposta a sociedade local, para tanto trabalham dio turna mente no caso enfrentando as intemperes do tempo. Diante a complexidade e dificuldade de encontrar o suspeito bem como a desaparecida, a autoridade policial que preside o inquérito , requisitou a colaboração da equipe de busca e salvamento da defesa civil do município de Osasco que, dispõe de cães especializados na localização de corpo até mesmo em estado de decomposição.

Estes animais, tem dado suas contribuições em vários casos tanto no município sede como ajudado outros até mesmo em Estados da Federação. A equipe composta por Cecilio, Prado, William, Zacarias , GCM Carlos Campos na Assessoria de Imprensa , bem como as cadelas Juli e Panda, foram a Rio Grande da Serra com o intuito de fazer buscas em matas ao redor da cidade ou onde possa ter a desaparecida Regina passado com o seu algós. Jadson, o Chú, está com mandado de prisão preventiva decretado e contra ele ainda pesa crimes de estupro e violência doméstica e sendo procurado como foragido da justiça . A vítima Regina que , até então está desaparecida deixa dois filhos que estão sob a guarda de sua genitora que, aguarda o desfecho com muita ansiedade. Chú, continua foragido e a policia trabalha de maneira incessante nas buscas dele .

O trabalho e participação dos cães farejadores da defesa Civil de Osasco/SP , desenvolvido nesta operação, não foi em vão porque dentro da técnica as cadelas não apontaram para qualquer indicio do corpo da desaparecida Regina o que, contribuiu para o prossegmento nas investigações da policia e guarda municipl, instituições empenhadas no caso. Estes animais, foram também, requisitados e usados nas buscas de Araçariguama quando uma menina foi assassinada , cujo caso tornou-se de grande repercussão em todo o Brasil , ainda paira um certo grau de nebulosidade e a policia civil dando por encerrada o inquerito com três pessoas presas.

 

  

  

Conteudo complementar desta materia. Na data de hoje 21 de outubro a Assessoria de Imprensa da Defesa Civil, informa que: A policia localizou o procurado suspeito de assassinar a Regina, a este confessou e indicou o local onde estaria o corpo de sua vítima, atrás da Igreja Matriz da Cidade. Enquanto, o uso das cadelas Juli e Panda de defesa Civil de Osasco/SP, Trabalharam em locais distantes deste ponto a pedido dos responsáveis pelo inquérito policial.

COMENTÁRIOS