PUBLICIDADE
Polícia Civil utilizou cães farejadores para encontrar cocaína, maconha e crack no bairro Bonsucesso
06/09/2019 09:21 em Policia

 

Operação da Polícia Civil contra o tráfico de drogas e organização criminosa resulta na prisão de 4 homens e 1 uma mulher

 

Quatro homens e uma mulher foram presos na quarta-feira, dia 04/09, pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG), durante operação deflagrada em Avaré para combater o tráfico ilícito de entorpecentes e a associação de criminosos para esse fim. Foram alvo da ação os bairros Jardim Planalto, Jardim Paulistano, Vila Martins III e Vila Esperança.

 

 

Com a utilização de cães farejadores pertencentes à Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) foi possível encontrar porções diversas porções de maconha e crack. A tática foi imprescindível para a localização das drogas, já que são treinados para detectar os entorpecentes, inclusive penetrando locais de difícil acesso ao homem.

No decorrer da tarde e início da noite os envolvidos foram conduzidos ao Plantão Policial e autuados em flagrante delito. Aferidas em balança digital, as substâncias ilícitas recolhidas pelos policiais civis - a maior parte maconha - apresentaram o peso total de 120 gramas.

 

 

 

Além dos entorpecentes também foram apreendidos R$ 6 mil em dinheiro, utensílios de preparação dos entorpecentes para venda, dezenas de celulares, itens de informática como computadores e dispositivos de memória, folhas de cheque já preenchidas e assinadas e até rastreadores de veículo.

 

Os objetos foram arrecadados para fins de averiguação sobre eventual origem criminosa (como furto ou roubo) e, em especial, para obtenção de elementos de prova em relação ao conluio para a prática ilegal.

 

 

O trabalho de campo e de inteligência da DIG teve início após denúncias anônimas que recaíram sobre locais utilizados como pontos de venda de drogas na cidade, um deles popularmente conhecido como “tenda”. Segundo as investigações, o espaço era frequentado por usuários e traficantes.

Segundo a DIG, todos os acusados terão que passar por audiência de custódia no fórum de Avaré nesta quinta-feira, dia 05/09. Se a custódia deles for mantida, a mulher será transferida para a Penitenciária de Pirajuí e os demais para o Centro de Detenção Provisória de Cerqueira César.

 

Cristiano Martins - Comunicação Seccional de Polícia Civil

 

COMENTÁRIOS